Discurso - Flávio Bolsonaro

Texto do Discurso

O SR. FLÁVIO BOLSONARO – Sr. Presidente, tenho a exata noção da grande ameaça que o nome Bolsonaro, a única pedra que realmente incomoda no sapato Prada, da esquerda, representa ao projeto de poder do PT, quando vejo pessoas oportunistas, mentirosas, tentando difamar e caluniar a honrada trajetória política de Jair Bolsonaro.

Recalcados e inconformados com os seus 464.572 votos, deturpam a verdade – aliás, como são mestre em fazer – e transformam uma citação de Bolsonaro em factoide político, para tentar destruí-lo mais uma vez. E, na ocasião, Bolsonaro foi xingado de estuprador pela então Deputada Maria do Rosário. Ele reagiu, ironicamente, dizendo que se fosse, ela nem merecia ser estuprada.

Aliás, quem lançou a campanha “Eu não mereço ser estuprada” foram as próprias feministas. Elas é que inventaram isso, de merecer ou não ser estuprada, não foi o Bolsonaro, não. E agora são as mesmas pessoas que o acusam de algo absurdo!

Sr. Presidente, sabe qual a maior prova de que Bolsonaro não é estuprador? É que Maria do Rosário está contra ele! Uma pessoa que só defende bandidos e vagabundos, inclusive estupradores e ladrões do seu partido, se ele fosse somente estuprador, ela estaria defendendo e não atacando Bolsonaro.

Aliás, diga-se de passagem, ele sim tem algo de concreto para tentar reduzir estupros: é autor do Projeto de Lei nº 5.398/2013 que prevê a castração química de estupradores. Ele é coerente com seus princípios, diferente daqueles que agora o estão acusando, nobre Presidente Nanci.

Aproveito a oportunidade para agradecer a solidariedade espontânea da população. Hoje, antes de chegar aqui, para esse discurso, fiquei sabendo que já havia uma petição pública de solidariedade ao Deputado Jair Bolsonaro. Começou agora, alguns minutos de eu descer para esse discurso e já tem mais de 6.500 apoiamentos.

Concluindo, Sr. Presidente, na realidade o verdadeiro estupro consumado à população brasileira, quem fez foram parlamentares como Jandira Feghali, do PCdoB, Alessandro Molon, do PT, Chico Alencar, do PSol, ao votarem esse escárnio com a população brasileira, que foi a alteração na LDO, para encobrir esse crime de responsabilidade ou de irresponsabilidade, melhor dizendo, da Presidente Dilma, que gastou o dinheiro público para se eleger.

E eles foram favoráveis à alteração da LDO para acobertar esse crime da sua líder Dilma Rousseff. Esses, sim, estupraram a população brasileira e traíram a confiança de seus eleitores. Não nos calarão, nem no voto, nem no tapetão!

O SR. PRESIDENTE (José Luiz Nanci) – Parabéns, ilustre Deputado Flávio Bolsonaro.