PROJETO DE LEI50/2015

Autor(es): Deputado GUSTAVO TUTUCA


A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
RESOLVE:

Plenário Barbosa Lima Sobrinho, 23 de fevereiro de 2015.

Deputado GUSTAVO TUTUCA
Deputado Estadual

JUSTIFICATIVA

A proposição em questão nada mais é do que a equiparação de direitos já concedidos aos servidores da UERJ por ocasião da Lei nº 6434/2013.
Ocorre que as duas Leis em questão possuem dispositivos quase idênticos, com exceção da definição da cota de 25% aos filhos dos servidores, constante da Lei nº 6434/2013 e ausente na Lei nº 6433/2013.
É inegável que a necessidade e a argumentação adequadamente consideradas para a aprovação da referida cota à CAP-UERJ também devem ser aplicadas quanto aos servidores da FAETEC, já que pautadas em requisitos objetivos capazes de garantir o ingresso na instituição de ensino de pessoas carentes egressas do ensino fundamental da rede pública, bem como negros, pardos e índios. Isso porque em ambos os casos, o que se busca é reduzir desigualdades socioeconômicas presentes no Estado e no país.
Assim, com o intuito de corrigir eventuais injustiças, apresento a proposição em questão, certo de que poderei contar com o apoio e a compreensão dos meu pares para que possamos juntos garantir tais direitos aos nossos servidores, oferecendo o reconhecimento merecido.

Legislação Citada

LEI Nº 6434, DE 15 DE ABRIL DE 2013.

Art. 1º
 Com vistas à redução de desigualdades étnicas, sociais e econômicas, deverá a Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ, em relação ao Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silva – CAp UERJ, estabelecer cotas para ingresso nos seus cursos aos seguintes estudantes carentes:

I - que cursaram integralmente o ensino fundamental na rede pública de ensino;
II – negros, pardos e índios. 
§ 1º – Por estudante carente entende-se como sendo aquele assim definido pela UERJ, em relação à CAP- UERJ, cuja renda familiar mensal per capita corresponda, no máximo, a um salário mínimo estadual e meio, dependendo de sua composição, sendo necessário prova dessa condição.
§ 2° - Por aluno que cursou integralmente o ensino fundamental na rede pública de ensino entende-se como sendo aquele que tenha cursado integralmente todas as séries do 1º e 2º ciclos do ensino fundamental em escolas públicas de todo território nacional e prioritariamente aqueles oriundos da rede pública das regiões do Estado do Rio de Janeiro. 
§ 3º O edital do processo de seleção, atendido o princípio da igualdade, estabelecerá as minorias étnicas beneficiadas pelo sistema de cotas, admitida a adoção do sistema de autodeclaração para negros e pessoas integrantes de minorias étnicas, cabendo ao destinatário desta lei criar mecanismos de combate à fraude.
§4º Serão destinadas também, para preenchimento das vagas objeto desta lei, as cotas para pessoas portadoras de deficiência, nos termos da legislação em vigor.


Art. 2º
 Cabe à UERJ, em relação à CAP-UERJ, destinatária desta lei definir e fazer constar dos editais dos processos seletivos a forma como sedará o preenchimento das vagas reservadas por força desta Lei, inclusive quando ao quantitativo oferecido e aos critérios mínimos para a qualificação do estudante, observado o disposto no seu art. 5º e, ainda, os seguintes princípios e regras:

I- adoção do sistema de cotas em todos os cursos e turnos oferecidos;
II - unidade do processo seletivo;
III – em caso de vagas reservadas não preenchidas por determinado grupo deverão as mesmas ser, prioritariamente, ocupadas por candidatos classificados dos demais grupos da reserva (art. 1°, I e II) seguindo a ordem de classificação.
Parágrafo único. Os critérios mínimos de qualificação para acesso às vagas oferecidas deverão ser uniformes para todos os concorrentes, independentemente de sua origem, admitida, porém, a adoção de critérios diferenciados de qualificação por curso e turno.


Art. 3º
 Deverá à UERJ, em relação à CAP-UERJ, destinatária desta lei constituir Comissão Permanente de Avaliação com a finalidade de:
I - orientar o processo decisório de fixação do quantitativo de vagas reservadas aos beneficiários desta Lei, levando sempre em consideração seu objetivo maior de estimular a redução de desigualdades sociais e econômicas;
II - avaliar os resultados decorrentes da aplicação do sistema de cotas na respectiva instituição; e
III - elaborar relatório anual sobre suas atividades, encaminhando-se ao Secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, ao Secretário de Estado de Edcuação e à Comissão Permanente de Educação da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro
Parágrafo único. As vagas excedentes às previstas para a ação afirmativa contida nesta lei serão oferecidas à população, de acordo com critérios objetivos e isonômicos de seleção.


Art. 4º
 O Estado proverá os recursos financeiros necessários à implementação imediata, para vagas novas, pelo CAp UERJ, de programa de apoio visando obter resultados satisfatórios nas atividades acadêmicas de graduação dos estudantes beneficiados por esta Lei, bem como sua permanência na instituição.

Parágrafo único.
 O programa de apoio de que trata o caput deste artigo deverá vigorar durante todo o curso técnico do estudante cotista, devendo ser avaliado anualmente. 

Art. 5º
 Atendidos os princípios e regras instituídos no artigo 2º e seu parágrafo único, nos primeiros 5 (cinco) anos de vigência desta Lei deverá o CAp UERJ estabelecer vagas reservadas aos estudantes carentes, negros, pardos e índios no percentual mínimo total de 40% (quarenta por cento), distribuído da seguinte forma:

I - 20% (vinte por cento) para estudantes carentes que cursaram integralmente o ensino fundamental na rede pública de ensino;
II – 20% (vinte por cento) para estudantes negros, pardos e índios, seguindo o que preceitua o §1º do artigo 1º. 


Parágrafo único.
 Após o prazo estabelecido no caput do presente artigo qualquer mudança no percentual acima deverá ser submetida à apreciação do Poder Legislativo, com proposta da iniciativa reservada do Chefe do Poder Executivo.

Art. 6º
 Para fins de aplicação da ação afirmativa instituída nesta Lei, os órgãos de direção pedagógica superior do CAp UERJ, para assegurar a excelência acadêmica, adotarão critérios definidores de verificação de suficiência mínima de conhecimentos, os quais deverão ser publicados no edital de seleção, sob pena de nulidade.

Art 7º 
Os filhos de servidores da UERJ terão direito à cota de 25% (vinte e cinco por cento) do total de vagas oferecidas nos cursos do CAP-UERJ, sendo 12,5% (doze e meio por cento) para filhos de professores e 12,5% (doze e meio por cento) para filhos de funcionários.

Art. 8º
 Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação.


Rio de Janeiro, 15 de abril de 2013.

SÉRGIO CABRAL
Governador


Atalho para outros documentos



Informações Básicas

Código20150300050AutorGUSTAVO TUTUCA
Protocolo0664/2015Mensagem
Regime de TramitaçãoOrdinária
Link:

Datas:
Entrada 02/24/2015Despacho 02/24/2015
Publicação 02/25/2015Republicação

Comissões a serem distribuidas

01.:Constituição e Justiça
02.:Educação
03.:Servidores Públicos


Hide details for TRAMITAÇÃO DO PROJETO DE LEI Nº 50/2015TRAMITAÇÃO DO PROJETO DE LEI Nº 50/2015

Cadastro de ProposiçõesData PublicAutor(es)
Hide details for Projeto de LeiProjeto de Lei
Hide details for 2015030005020150300050
Two documents IconRed right arrow IconHide details for ALTERA A LEI Nº 6433 DE 15 DE ABRIL DE 2013 QUE INSTITUI DISCIPLINA SOBRE O SISTEMA DE COTAS PARA INGRESSO NASALTERA A LEI Nº 6433 DE 15 DE ABRIL DE 2013 QUE INSTITUI DISCIPLINA SOBRE O SISTEMA DE COTAS PARA INGRESSO NAS ESCOLAS TÉCNICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. => 20150300050 => {Constituição e Justiça Educação Servidores Públicos }02/25/2015Gustavo Tutuca
Blue right arrow Icon Distribuição => 20150300050 => Comissão de Constituição e Justiça => Relator: EDSON ALBERTASSI => Proposição 20150300050 => Parecer: Pela Constitucionalidade05/08/2017
Blue right arrow Icon Distribuição => 20150300050 => Comissão de Educação => Relator: COMTE BITTENCOURT => Proposição 20150300050 => Parecer: Favorável03/01/2018
Blue right arrow Icon Requerimento de Inclusão na Ordem do Dia => 20150300050 => GUSTAVO TUTUCA => Aprovado03/23/2018
Blue right arrow Icon Discussão Primeira => 20150300050 => Proposição => Encerrada Volta Com Emendas às Comissões Técnicas.04/12/2018
Blue right arrow Icon Objeto para Apreciação => 20150300050 => Emenda (s) 01 a 03 => GILBERTO PALMARES => Sem Parecer => 04/12/2018
Blue right arrow Icon Distribuição => 20150300050 => Comissão de Constituição e Justiça => Relator: ANDRÉ LAZARONI => Emenda 20150300050 => Parecer: Contrário06/26/2018
Unacceptable Icon Votação => 20150300050 => Emenda (s) com parecer contrário da CCJ => Rejeitado (a) (s)10/04/2018
Acceptable Icon Votação => 20150300050 => Proposição original => Aprovado (a) (s)10/04/2018
Blue right arrow Icon Discussão Segunda => 20150300050 => Proposição => Encerrada Volta Com Emendas às Comissões Técnicas.10/11/2018
Blue right arrow Icon Objeto para Apreciação => 20150300050 => Emenda (s) 01 e 02 => MARCELO FREIXO => Sem Parecer => 10/11/2018
Blue right arrow Icon Requerimento de Inclusão na Ordem do Dia => 20150300050 => GUSTAVO TUTUCA => Aprovado11/08/2018
Blue right arrow Icon Distribuição => 20150300050 => Comissão de Constituição e Justiça => Relator: CARLOS MINC => Emenda 20150300050 => Parecer: Encaminhado ao Departamento de Apoio às Comissões Permanentes11/13/2018
Two documents IconBlue right arrow Icon Tramitação de Autógrafo; Envio ao Poder Executivo11/14/2018
Acceptable Icon Votação => 20150300050 => Substitutivo da CCJ => Aprovado (a) (s)11/14/2018
Blue right arrow Icon Parecer em Plenário => 20150300050 => Comissão de Constituição e Justiça => Relator: LUIZ PAULO => Emenda 50/2015 => Parecer: FAVORÁVEL COM SUBEMENDA AGLUTINATIVA ÀS EMENDAS N°S 01 E 02, concluindo por substitutivo11/14/2018
Blue right arrow Icon Tramitação de Desarquivamento => 2015030005002/13/2019
Blue right arrow Icon Arquivo => 2015030005005/09/2019
Blue right arrow Icon Requerimento de Desarquivamento => 20150300050 => MARTHA ROCHA => A imprimir. Deferido.06/07/2019
Blue right arrow Icon Distribuição => 20150300050 => Comissão de Servidores Públicos => Relator: Sem Distribuição => Proposição 20150300050 => Parecer: Encaminhado à Mesa Diretora para a Ordem do Dia
Blue right arrow Icon Distribuição => 20150300050 => Comissão de Educação => Relator: Sem Distribuição => Emenda 20150300050 => Parecer:
Green right arrow Icon Resultado Final => 20150300050 => Lei 8250/2018