Lei Complementar nº

29/1982

Data da promulgação

11/25/1982

Hide details for Texto da Lei Complementar   [  ]Texto da Lei Complementar [ ]

LEI COMPLEMENTAR Nº 29, DE 30 DE JUNHO DE 1982.


MODIFICA A LEI COMPLEMENTAR Nº 15, DE 25/11/80.


O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO,
Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro decreta e eu sanciono a seguinte Lei:


Art.1º - A Lei Complementar nº 15, de 25-11-80, passa a vigorar com as seguintes alterações:

I - com nova redação, os arts. 2º, 5º, 7º, 53 e 79:

"Art. 2º - A Procuradoria Geral do Estado tem autonomia administrativa e financeira, dispondo de dotação orçamentária própria. Suas atribuições são as previstas no art. 86 e § § 1º e 2º, da Constituição do Estado, competindo-lhe:
..............................................................................................................................................................."
"Art. 5º - O Procurador-Geral do Estado, nomeado em comissão pelo Governador na forma da Constituição Estadual, terá prerrogativas e representação de Secretário de Estado."
"Art. 7º - Incumbe ao Subprocurador Geral do Estado, que tem prerrogativas e representação de Subsecretário de Estado."
"Art. 53 - No caso de afastamento do Estado, por prazo superior a 30 (trinta) dias, em cumprimento de missão que lhe seja confiada pelo Procurador Geral, o Procurador do Estado fará jus, a título de ajuda de custo, ao equivalente a um estipêndio por mês, até o limite de 3 (três)."
"Art. 79 - Após cada qüinqüênio ininterrupto de efetivo exercício no serviço público estadual, o Procurador do Estado terá direito ao gozo de licença-prêmio pelo prazo de 3 (três) meses, com todos os direitos e vantagens do cargo ou função que esteja exercendo."

II - acrescidos de novas disposições, os arts. 44, 50 e 53:

"Art. 44 - ..................................................................................................................................................
VII - ser ouvido como testemunha em qualquer inquérito ou processo, em dia e hora previamente ajustados com a autoridade competente;
VIII - utilizar-se dos meios de comunicação estaduais quando o interesse do serviço o exigir;
IX - exercitar o direito conferido pelo art. 89, inciso XXIII, da Lei nº 4.215, de 27.04.63."
"Art. 50 - ..................................................................................................................................................
VIII - auxílio-moradia, comprovada a necessidade de residência em comarca onde o Procurador do Estado não possua residência ou não exista residência oficial, em valor equivalente, no mínimo a 5% (cinco por cento) e no máximo a 10% (dez por cento) de seu vencimento, a ser fixado pelo Procurador Geral, tendo em vista as características locais."
"Art. 53 - ..................................................................................................................................................
Parágrafo único - No caso de transferência, a qualquer título, de uma para outra comarca, comprovada a mudança de residência para a nova sede, o Procurador do Estado fará jus, a título de ajuda de custo, ao valor equivalente a 1 (um) mês do seu estipêndio."

II - com nova renumeração e acréscimos:

a) o atual parágrafo único do art. 50 passa a viger como § 2º, sendo acrescentada, como § 1º, disposição do seguinte teor:
"Art. 50 - ..................................................................................................................................................
§ 1º - Os Procuradores do Estado farão jus à percepção de uma verba de representação na forma estabelecida em lei, e à gratificação de 10% (dez por cento) do vencimento básico pelo exercício em comarca de difícil acesso, assim definida em lei."

b) o atual art. 145 passa a viger como art. 147, sendo acrescentadas novas disposições, como arts. 145 e 146, do seguinte teor:
"Art. 145 - A pensão por morte devida aos dependentes do Procurador do Estado será reajustada sempre que forem alterados os vencimentos dos Procuradores do estado em atividade."
"Art. 146 - É mantido o atual modelo de Carteira de Identidade funcional e de porte de arma de Procurador de Estado, expedida na forma da legislação em vigor (Lei Complementar n. 15/80, art. 44, inciso II)."

Art. 2º - Esta lei complementar entrará em vigor na data de sua publicação, revcogadas as disposições em contrário.
Rio de Janeiro, 30 de junho de 1982.

A. de P. CHAGAS FREITAS - Governador
Waldir Moreira Garcia
Paulo Cesar Catalano
Francisco Mauro Dias
Vicente de Faria Coelho


Projeto de Lei
Complementar nº

24/82

Mensagem nº

24/82

Autoria

PODER EXECUTIVO



Data de publicação

07/01/1982

Data Publ. partes vetadas

Revogação:

Hide details for Redação Texto AnteriorRedação Texto Anterior


Hide details for Texto da RegulamentaçãoTexto da Regulamentação



Hide details for Leis relacionadas ao Assunto desta LeiLeis relacionadas ao Assunto desta Lei

No documents found




Atalho para outros documentos